Dieta X Comer Saudável

    Por Erika Rodrigues**

    Entenda uma coisa: nenhuma dieta te dará os mesmos benefícios que o comer saudável. Comer saudável vai muito além de contar calorias ou seguir um regime militar.

    Como terapeuta nutricional, digo que mais importante de O QUÊ você come, é COMO você come. Ficar ansioso com alguns alimentos, deixar de jantar com amigos, se impor restrições ou passar boa parte do dia pensando em comida é um mau sinal. Obviamente que todo mundo tem preferências e aversões, mas você não pode ser escravo da sua alimentação.

    Como?

    • Abandone o hábito de fazer dietas, em especial as da moda (quem te ajuda com alimentação é o nutricionista, não a blogueira do momento ou revista do mês);
    • Respeite seu corpo. Cada corpo uma história. Além da questão genética, cultural e crenças pessoais, cada um deve respeitar sua individualidade. Tem alergia? Intolerâncias? Como é sua digestão para certos alimentos? Que fase da vida se encontra?
    • Respeite sua fome. Se estiver com fome, coma! Passar fome não otimiza resultados, pelo contrário, é contraproducente pois reduz seu metabolismo e aumenta chances de compulsões;
    • Ouça os sinais do corpo: fome, saciedade, sede, cansaço, stress. Não use a comida como recompensa! Esta cansado? Durma melhor. Sede? Tome água. Stressado? Medite ou procure investir em lazer. 5. Mude seu padrão de pensamentos negativos: eu não posso, não consigo, não mereço, sou um caso perdido. Você é o que pensa, então a cada pensamento negativo substitua por um de gratidão;

    FAÇA AS PAZES COM SUA ALIMENTAÇÃO.

    Uma coisa é certa: você vai comer o resto de sua vida, melhor que isso seja algo prazeroso. Resgate a boa relação com os alimentos, seja curioso, experimente novos sabores, novos preparos, seja um desbravador de sua cozinha.

    **Erika Rodrigues é nutricionista, especialista em transtornos alimentares com formação em Yoga, Ayurveda, culinária natural e raw food.

    dica_bioporã

    O Sabor do Coaching

    Por Thiago Prigol Aires**

    Quer experimentar um sabor novo na sua vida? Que tal um sabor de mais saúde, disposição e bem-estar? Todo mundo quer, certo? Será que quer mesmo?

    Certa vez em uma conversa me questionaram: Você é daqueles que tem problema em comer qualquer coisa? Eu respondi: Não, eu como super bem, por isso não tenho problema, já quem come qualquer coisa… Rimos, mas a verdade é que muitos acham que comida saudável não tem sabor, e que quem leva um estilo de vida mais saudável não vive. Acredite, comida saudável pode ser, sim, sinônimo de preparações muito saborosas e muito bem-estar.

    Difícil criar hábitos alimentares mais saudáveis? Costumo dizer que difícil é o que não queremos, do contrário é um desafio. Se você quer realmente ter uma vida mais equilibrada é exatamente assim que precisa encarar. Não sou nutri, médico, nem mesmo chef, sou master coach, mas adoro esse universo da saúde, na verdade adoro ter conhecimento do que pode me fazer bem. Como já disse, “é como você encara…”, em outras palavras, como você vive.

    Ok, você vê aquela sobremesa maravilhosa e levam poucos segundos para você sair da dieta, e, pior, depois a consciência ainda pesa e vêm as fortes emoções. Talvez o foco não seja a dieta! Se você deseja mudanças sustentáveis, é um fato, você precisa criar novos hábitos e formatar outros. Com o Coaching você consegue desenvolver sua inteligência emocional com mais agilidade e reprogramar sua forma de pensar para conquistar novos resultados. Uma nova atitude pode mudar tudo!

    Então, será que você quer mudar seus resultados? Preciso dizer que esse processo de transformação não é para qualquer pessoa. Sair da zona de conforto é desafiador, e não é qualquer um que está disposto a enfrentar desafios. Em situações relacionadas à saúde, acho sensato contar com a ajuda de um nutricionista, por exemplo, contudo, eu repito: o trabalho começa na sua mente. Um bom processo de Coaching pode ser a cereja do bolo. Bolo saudável né!

    Veja lá, não se engane mais uma vez! Como disse minha querida cliente Dra. Dayse Caldeira numa de nossas sessões de Coaching: “O saudável também engorda.” Ou seja, se você é o que come, também é a quantidade que come… E, acordar no meio da madrugada pode ser um problema… Quer sentir um novo sabor na sua vida?

     

    thiagocoach VocêAlém avatar**Thiago Prigol Aires é master coach, empreendedor e estrategista de alta performance.

    Contato: thiago@vocealem.com.br

    Instagram: @thiagocoach

    Blog: http://vocealem.thiago.coach/

    A Arte da Mudança

    Por Tiago Ribeiro de Paula*

    mudança

    Já disse um antigo sábio que a natureza do universo é a mudança.

    Todos nós no curso de nossa evolução pessoal vivenciamos este fluxo dinâmico e constante que são as mudanças em nossa realidade. Diferentes percepções, diferentes entendimentos e naturalmente diferentes sentimentos. Assim, sempre estamos envolvidos neste rio corrente que é o passar do tempo.

    Alguns buscam a excelência no campo dos esportes, outros na música, na carreira, no sucesso empresarial ou político e em incontáveis atividades. No entanto, independente de nossa área de atuação pessoal e profissional, todos nós, sem exceção, precisamos aprender a conviver em harmonia com o contínuo processo de mudança. Aprender como mudar de maneira saudável, criativa e evolutiva é uma das mais valiosas habilidades que podemos desenvolver.

    Sim, desenvolver e aprender a arte da mudança. A gente aprende a mudar!

    Mudança se desenvolve. E também, com dedicação, entrega e sabedoria, aprendemos a ver a beleza da mudança e a amar este processo universal que só pode fazer parte de um poder superior e de uma perfeição divina que nossa mente pode não entender, mas que está lá. Sempre esteve e sempre vai estar.

    Dessa forma, dar as boas vindas à mudança, saudá-la com entusiasmo e incentivá-la como atitude de melhoria de nosso mundo, é uma arte que, honestamente aprendi a amar de todo coração. Acredito que a mudança não precisa ser dolorosa e sofrida. Não precisa ser um caminho árduo e espinhoso. A arte de mudar pode ser aprendida através da vontade de sair da zona de conforto e pode ser celebrada com entusiasmo. E uma das maneiras mais belas e naturais de mudar é através da alimentação. Basta uma breve olhada nas centenas de profissionais maravilhosos que hoje fazem parte da rede de alimentação saudável, orgânica e verdadeira. Seja através da internet, seja através de projetos locais em povoados distantes, estes “magos da Nova Era” têm feito suas Alquimias alimentares e, além de oferecer muitos sabores, têm transformado, curado, nutrido e embelezado nosso mundo de uma maneira vital.

    Estamos diante de um momento crucial em nosso planeta. Um momento decisivo. Onde, mais que bem-vinda, a mudança também se faz necessária. Vamos celebrar a vida de verdade, através da nossa reconexão com a Natureza. Não é preciso sofrimento, não é preciso nenhuma dieta de restrição radical.  Apenas aceitar o convite para redescobrir o prazer do que é simples, natural e verdadeiro.

    Como? Um mundo harmônico e maravilhoso com diversas possibilidades já existe e brilha radiante dentro e fora de nós. Sejam todos bem-vindos a praticar esta mudança! Vamos juntos abrir espaço para em movimento mais criativo, prazeroso e ecológico nos diversos campos das nossas vidas!

    * Tiago Ribeiro de Paula é trainer em PNL, autor dos livros ” Quatro estações de Amor” e “Com licença estamos Passando”, praticante de crossfit e apaixonado por alimentação de saudável. Trabalha com as comunidades indígenas do sul da Bahia, buscando a pacificação de conflitos, a autossustentabilidade e o Etnodesenvolvimento. Contato: trdeepaula@gmail.com

    Alimentação Desintoxicante*

    detox

    *Texto extraído do livro Alimentação Desintoxicante, da autora Conceição Trucom, Ed. Alaúde.

    Na Alimentação Desintoxicante, a principal proposta é a prática do “banho interno DIÁRIO”. Um hábito de vida, divertido e sábio, independente do fato de sermos jovens ou não, magros ou não, vegetarianos ou não, cultos e poderosos ou não. Nesta prática há um foco proposital no favorecimento do “alívio” e limpeza dos 5 sistemas excretores de seus venenos e toxinas.

    Tais 5 sistemas excretores são: Fígado e Vesícula, Intestinos Delgado e Grosso, Pele, Pulmões e Rins.

    E, tais toxinas, que são inerentes ao corpo humano, estão hoje em níveis exacerbados e abundantes devido aos agitados contextos da vida moderna. Lembrar que toxinas sempre estarão presentes no metabolismo humano, seja por: 1) geração espontânea (endógena), 2) ingestão, 3) inalação, 4) injeção ou 5) penetração cutânea (exógenas).

    Entretanto, o favorecimento diário da “desintoxicação e alívio” destes 5 sistemas excretores, apesar de uma compreensão imediata e óbvia de seus benefícios, guarda desdobramentos para a plena saúde física, emocional, psicológica e espiritual que ainda não temos a sua total extensão.

    Para refletirmos e chegarmos um pouco mais perto da significância desta “limpeza interna diária” que é a Alimentação Desintoxicante, recorro aos conhecimentos da milenar Medicina Tradicional Chinesa (MTC).

    A partir deste conjunto de ensinamentos, pude observar uma ligação mágica entre os 5 Sistemas Excretores, os 5 Sentidos, que são manifestações que comprovam que o Ser está vivo, encarnado; como também com os 5 Sabores, cuja percepção é feita pelas papilas gustativas, localizadas na língua que guarda uma ligação absolutamente estreita com o Coração, a Mente e o Cosmos.

    Os papéis que jogam os Órgãos e Vísceras, entre eles os excretores

    Segundo a MTC – ver tabela a seguir – são considerados Órgãos: o Coração, o Fígado, os Pulmões, os Rins, o Baço e o Pericárdio.

    São consideradas Vísceras: a Vesícula Biliar, o Intestino Delgado, o Intestino Grosso, o Estômago e a Bexiga.

    Para a MTC os Órgãos são Yin, não têm contato com o exterior, são maciços e têm como funções fabricar e armazenar as Substâncias Fundamentais, enquanto que as Vísceras são Yang, ocas, têm contato com o exterior e impulsionam as substâncias.

    Os principais representantes dos Sistemas Excretores foram grifados, mas segue abaixo uma breve descrição, segundo os ensinamentos da MTC sobre cada um dos órgãos e vísceras do organismo humano.

    CORAÇÃO: tem como função fazer circular o Sangue dentro dos Vasos. Manifesta-se na face, abre-se na língua (papilas degustativas), abriga a Mente (a boca é um local de consciência e de extrema importância nas atividades mentais) e guarda o Espírito. Sua emoção é a alegria, controla a sudorese, a coerência da fala, o sono e os sonhos.

    FÍGADO: tem como função armazenar o Sangue, manter o livre fluxo de Qi (energia vital) e controlar os tendões. Manifesta-se nas unhas e joelhos. O fígado é responsável pela visão física e metafísica. Sua emoção é a raiva, a ira e também auxilia o controle dos sonhos.

    VESÍCULA BILIAR: acoplada ao fígado, é oca e tem a forma de uma cápsula. Armazena e excreta a bile. Controla a coragem e a força de vontade.

    BAÇO: tem como função produzir a transformação e transporte dos alimentos para serem absorvidos, por isso exerce papel importante na formação do Sangue e de Qi (energia vital). Mantém o Sangue dentro dos vasos sanguíneos impedindo os extravasamentos, domina as carnes e os músculos, abre-se na boca e manifesta-se nos ábios, responsável pelo paladar. Sua emoção é a preocupação.

    PULMÃO: é responsável por dominar o Qi (energia vital) e controlar a respiração. Distribui Qi e Líquidos Orgânicos para todo o corpo, abre-se no nariz, manifesta-se na pele, controla a força da voz, responsável pelo olfato. Sua emoção é a tristeza.

    RIM: é responsável por armazenar a nossa Essência e controlar o crescimento, desenvolvimento e a reprodução. Domina o metabolismo da água, recebe Qi do Pulmão, domina os ossos, os dentes, produz a medula e manifesta-se nos cabelos, sua abertura para o exterior é a orelha, responsável pela audição e domina os orifícios inferiores. Sua emoção é o medo.

    INTESTINO DELGADO: as suas principais funções são receber, transformar e absorver os alimentos e separar o puro do impuro. Um verdadeiro cérebro, tem a inteligência de separar o que será nutrição e enviar para o Sangue, o que será excreto e liberar para o Intestino Grosso.

    INTESTINO GROSSO: as suas principais funções são eliminar as fezes e absorver a água excessiva originária da formação das fezes.

    Os 5 Sentidos e os 5 Sabores

    A Mente (Shen) além de ser responsável pelas atividades mentais é também responsável pelos órgãos e vísceras do sentido. O sistema Coração (Xin) – Mente (Shen) com sua função de impulsionar o Sangue para nutrir todas as estruturas e de ser a “morada” da Mente (Shen), atuam em conjunto sobre cada órgão/víscera segundo cada especificidade.

    Assim o sistema Fígado é responsável pelo sentido da visão (olhos) que necessita de Sangue limpo e saudável para ser nutrido e da Mente para reconhecer os estímulos visuais.

    O sentido da audição (ouvidos) pertence ao sistema Rim que também necessita de Sangue limpo e saudável para sua nutrição e da Mente para o reconhecimento auditivo.

    O sentido do olfato (nariz) pertence ao sistema Pulmão que desintoxica pela expiração (gás carbônico e outros gases, além de venenos/excessos dissolvidos nos de vapores d’água da expiração) e renova o Sangue com os “novos ares” de uma respiração plena e saudável, para sua nutrição e da Mente para o reconhecimento olfativo.

    O sentido do tato (pele) necessita da cognição e da organização das sensações aos estímulos externos, pode-se dizer que pertence aos sistemas Coração/Intestino Delgado e Pulmão/Intestino Grosso que necessitam de Sangue limpo e saudável, além de alimentos biogênicos e bioativos (mais integrais, crus e frescos) para serem nutridos e da Mente para terem os respectivos estímulos reconhecidos.

    O sentido do paladar cuja língua na anatomia da MTC é considerada o “broto do Coração (Xin)”. E um fato que nos sugere muita reflexão e estudo: na língua é onde encontram-se as papilas degustativas dos 5 sabores: adocicado, salgado, ácido, picante e amargo. Ou seja, ter as papilas degustativas, “acordadas” e tonificadas com o estímulo de todos os 5 sabores é um conhecimento milenar, muito usado pelas composições alimentares sugeridas pelas medicinas mais antigas da humanidade que são a MTC e a Auyrvédica.

    Uma breve reflexão

    Ter os 5 sistemas excretores sempre “aliviados” e acordados, tem o poder de nos levar ao uso dos 5 sentidos com mais precisão, nos colocando numa condição mais meditativa ou de “estado de alerta”. Ou seja, o uso pleno dos 5 sentidos nos coloca numa condição de Seres mais vivos e despertos.

    E, fazer uso adequado e equilibrado dos 5 sabores em nossa alimentação diária, também pode nos ajudar em todo este processo.

    Aliás, um organismo desintoxicado percebe melhor os 5 sabores e deseja fazer uso diário de todos eles com moderação, pois os estímulos às papilas degustativas não depende de quantidade, mas de qualidade. E lembrando: nas papilas degustativas encontra-se o “o broto do Coração”.

    Uma curiosidade: a Terapia Floral, que usa a parte mais essencial de uma planta, as flores, para tratar a alma humana, usa a língua como local de administração.

    Pode-se observar a amplitude de toda esta integração refletindo sobre a tabela abaixo:

    Nota: o sabor adstringente está inserido em todos os sabores, não só para favorecer a percepção de cada um deles, mas também para permitir a integração de todos.

    Nota: o sabor adstringente está inserido em todos os sabores, não só para favorecer a percepção de cada um deles, mas também para permitir a integração de todos.