Bobó de Shitake com Manteiga de Coco

    Por Lívia de Paula (@biopora_veg)

    Este delicioso prato inspirado na culinária bahiana pode ganhar diversas versões vegetarianas: bobó de palmito, bobó de jaca, bobó de tofu, bobó de cogumelos… O creme da mandioca é uma base perfeita para diversas preparações! Confira esta receita com cogumelos shitake e Manteiga de Coco Bioporã.

    Ingredientes:

    • 1/2 kg de mandioca
    • 100g de shitake fresco (ou 50g de shitake desidratado previamente hidratado)
    • 2 c de sopa de Manteiga de Coco Bioporã
    • 1 cebola
    • ½ pimentão picado
    • salsinha , cebolinha e coentro
    • sal, cúrcuma e pimenta à gosto
    • 1 c de chá de óleo de coco
    • 1 c de chá azeite de dendê

    Como fazer:

    Cozinhar a mandioca até ficar bem macia. Após, amasse bem a mandioca com um garfo. Liquidifique a mandioca com a Manteiga de Coco até virar um creme ou purê espesso (adicione a água do cozimento da mandioca aos poucos para facilitar o processo até chegar na textura desejada). Reserve.

    Refogue a cebola no óleo de coco (ou azeite de oliva) até dourar. Adicione o pimentão, o shitake picado e refogue em fogo baixo. Após, adicione o sal, a cúrcuma e a pimenta a gosto. Em seguida, acrescente o purê de mandioca e deixe ferver por cerca de 10 minutos. Finalize com o azeite de dendê e o cheiro verde.

    Sirva com arroz, farofa e salada.

    Fudge de Batata Doce

    Qual o doce mais doce (e saudável) que doce de batata doce?

    Docinho prático, que surpreende o paladar. Por aqui, nenhum dos nossos convidados descobriu que tinha batata-doce!

    Além do sabor especial, esta combinação é fonte de proteínas, fibras e gorduras saudáveis.

    Confira os ingredientes:

    • 1 xic de batata doce amassada (cozida no vapor)
    • 1/2 xic de água
    • 3 c de sopa de Manteiga de Coco Bioporã
    • 2 c de sopa de Melado de Cana (ou pasta de tâmaras)
    • 3 c de sopa de Amêndoa Dream Bioporã (ou manteiga de amendoim)
    • Canela a gosto.
    • 2 gotas de extrato natural de baunilha puro.
    • raspas de limão ou laranja (opcional).

    Como fazer:
    Liquidificar a batata doce, a água, a Manteiga de Coco (derretida) e o melado. Transferir esta mistura para um recipiente, adicionar o restante dos ingredientes e misturar bem. Levar para o freezer por cerca de 2h em forma de silicone ou forma forrada com papel filme. Desenformar e cortar em quadradinhos. Aguardar 10 minutos em temperatura ambiente (para derreter um pouquinho) antes de servir.

    Dicas:
    Aprecie com cobertura de Manteiga de Coco misturada com cacau em pó (que irá fazer uma casquinha crocante em contato com o fudge gelado – parece chocolate! )
    Se sobrar algum pedacinho, guarde no congelador novamente.
    Você pode substituir a batata doce por abóbora cozida ou banana, também pode acrescentar cacau em pó na massa para novas versões. Criatividade é um ingrediente que não pode faltar na cozinha!

    Conheça mais sobre as Manteigas Veganas Artesanais da Bioporã em: www.biopora.com

    Vegan Cheese Cake de Frutas Vermelhas

    Receita raw, vegan, sem lácteos e sem açúcar!

    Este cheese cake de coco e frutas vermelhas pode ser apreciado geladinho ou congelado como uma torta de sorvete. Fica uma delícia!

    Confira os ingredientes:

    Crosta:

    • 1 xic de amêndoas hidratadas (8h)
    • 1 xic de uva passa branca ou tâmaras hidratadas (4h)
    • 1 c de sopa de farinha de linhaça

    Como fazer: Escorrer a água das amêndoas e das frutas secas. Processar tudo até virar uma massa homogênea. Forrar o fundo e as bordas de uma forma (pequena)  de fundo removível.

    Recheio de Coco:

    • 1 xic de leite de coco
    • 4 c de sopa de Manteiga de Coco Bioporã
    • 2 bananas
    • 2 c de chá de agár-agár dissolvidas em meio copo de água

    Como fazer: Levar a água com o agár-agár ao fogo, mexendo sempre até levantar fervura por 3 minutos. Liquidificar todos os ingredientes, até formar um creme de coco liso e homogêneo. Adicionar o recheio sobre a base da torta e levar para o freezer até adquirir consistência firme o suficiente para adicionar a camada de frutas vermelhas em cima.

    Recheio de Frutas Vermelhas:

    Repetir a receita do recheio de coco, substituindo as bananas por 1 xic de mix de frutas vermelhas (morangos, framboesas, amoras ou foto (34)mirtilos). Liquidificar e derramar sobre a torta. Voltar ao freezer até adquirir a consistência desejada (apenas firme ou torta de sorvete).

    Cobertura:

    • 6 tâmaras hidratadas (4h)
    • Meia xic de frutas vermelhas

    Como fazer: Liquidificar as tâmaras e as frutas vermelhas até virar uma espécie de geléia. Para auxiliar a bater, acrescente um pouquinho da água da hidratação das tâmaras.

    Cubra a torta com esta geléia e decore com frutas vermelhas e Manteiga de Coco Bioporã.

    Quadradinhos de Chocolate

    Docinho irresistível que a Flávia Macchioni postou no seu blog Lactose Não e também compartilha aqui com a gente. Para quem deseja comer um chocolate com gorduras saudáveis e muitos antioxidantes esta é a receita!

    Ingredientes:

    • 200g de Manteiga de Coco Bioporã
    • 2 colheres de sopa de cacau em pó
    • 3 colheres de sopa de pasta de tâmaras ou melado
    • 200g de chocolate sem leite
    • frutas secas
    • amêndoas laminadas ou castanha de caju ou macadâmias ou avelãs ou outra
    • chips de coco

    Modo de Fazer:

    Forre um refratário de vidro ou cerâmica com papel manteiga. Salpique sua escolha de frutas secas, oleaginosas e o chips de coco.

    Em banho-maria derreta a manteiga de coco. Retire do fogo e misture o cacau e o adoçante que optou, mexendo bem. Derrame a mistura por cima do seu mix de frutas e castanhas. Fique atento para que as frutas fiquem bem misturadas ao creme da manteiga de coco.

    Em outro recipiente derreta o chocolate. Coloque por cima da mistura do refratário, tomando cuidado para cobrir todos os cantinhos e alisando a superfície para que fique lisinho. Leve à geladeira por pelo menos 1 hora. Desenforme e corte do tamanho que preferir. Mantenha na geladeira até a hora de servir.

    Dica: se desejar fazer como bombom, utilize forminhas de silicone e coloque primeiro uma camada do chocolate derretido, então as frutas e castanhas com a mistura da manteiga, e por cima mais uma camada de chocolate.

    Cookies de Banana e Manteiga de Coco

    Esta receitinha foi criada pela nutricionista Luciana Miranda para ajudar as mamães que desejam oferecer lanchinhos mais saudáveis para seus filhos levarem à escola. São cookies integrais e naturais de verdade, preparados com um mix de farinhas nutritivas e sem glúten. A família inteira vai se deliciar, seja no lanche ou acompanhado de um chá quentinho neste outono/inverno.

    Ingredientes:

    • 1/2  xícara de aveia em flocos
    • 1/2 xícara de amaranto em flocos
    • 3 colheres de sopa de coco seco ralado
    • 2 a 3 colheres de sopa de açúcar de coco (açúcar mascavo, demerara ou melado de cana)
    • 2 colheres de sopa de farinha de coco
    • 2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada
    • 3 colheres de sopa de Manteiga de Coco Bioporã
    • 1 banana bem madura amassada
    • 1 pitada de sal

    Como fazer:

    Misturar todos os ingredientes até ficar uma massa homogênea. Modelar a massa em formato de cookies e distribuir em uma forma untada com óleo de coco. Assar em forno médio pré-aquecido por aproximadamente 20-25 minutos. Logo que tirar do forno, passar uma  espátula para desgrudar os cookies e esperar esfriar.

    Barra de Amêndoas com Manteiga de Coco

    As barras de cereais industrializadas não são naturais e saudáveis como dizem, basta ler a lista de ingredientes para identificar muito açúcar e aromatizantes artificiais.

    É por isso que a nutricionista Natália Chede nos apresenta estas barras de amêndoas e frutas secas com cobertura aromática (natural) de manteiga de coco. Uma opção de lanche saudável de verdade!

    Ingredientes:

    • 1/2 xícara de amêndoas cruas
    • 3/4 de xícara de uvas passas brancas + 4 tâmaras hidratadas
    • 2 colheres de Manteiga de Coco Bioporã
    • 2 gotas de óleo essencial de laranja doce (ou raspas de casca de laranja)

     

    Modo de preparo:

    Passe as amêndoas e as frutas secas no processador até formar uma massa (não utilizar a água da hidratação das tâmaras). Numa travessa de vidro (de preferência, forrada com papel manteiga), coloque a massa, moldando com as mãos até obter um retângulo, com altura de 1 ou 2 cm. Derreta a manteiga de coco em banho-maria,adicione o óleo essencial ou as raspas de laranja,e despeje sobre essa massa, distribuindo homogeneamente com ajuda de uma colher. Leve á geladeira por 2h. Então, corte as barrinhas (do tamanho de uma barra de cereal). Se a temperatura externa estiver muita alta,é melhor deixar as barrinhas na geladeira. Rendimento: 6 barrinhas.

     

    Barrinha_ManteigadeCoco_Bioporã

    Barrinhas saudáveis de verdade, por Natalia Chede.

    Nesta “estréia” do Blog, além de compartilhar uma receita, pedimos para os Nutrichefs Bioporã responderem 3 perguntinhas para a gente conhecer um pouquinho mais sobre eles… Confira as respostas da Natália:

    • O que é saúde para você?

    Para mim, saúde é estar em harmonia com o nosso ambiente (nosso corpo) e com o ambiente do qual fazemos parte.

    • O que é alimento de verdade para você?

    Alimento de verdade é aquele que vem da vida e promove a vida! O alimento verdadeiro é simples, fresco e o mais natural possível! Além de nutrir o nosso corpo, nos inspira e nos reaproxima da natureza e da nossa essência!

    • Qual seu conselho para quem quer manter uma alimentação saudável e tem pouco tempo para preparar seus alimentos?

    Uma alimentação saudável não precisa (e nem deve ser) complicada. Quem ainda não tem muito tempo para se dedicar a preparar os alimentos, pode começar aumentando o consumo de frutas e vegetais crus em todas as refeições e aproveitar os dias livres para testar receitas novas (a prática vai tornando tudo mais simples).

    Visitar feiras, escolher os alimentos frescos, preparar uma refeição simples em casa,com a família ou amigos. Tudo isso pode e deve fazer parte do nosso cotidiano se queremos uma alimentação mais consciente e prazerosa! É importante que possamos reavaliar nossas prioridades, que possamos refletir sobre aquilo que nos alimenta, em todos os níveis. Sempre lembrando que não importa a velocidade, mas sim a direção que estamos caminhando… E a cada passo dado, não estamos mais no mesmo lugar!

    Sobremesa Especial Bioporã

    O Almoço especial do Dia das Mães está chegando… Que tal preparar uma sobremesa irresistível e ainda contribuir para a saúde e bem-estar daquela que cuidou da nossa nutrição desde a infância? As mamães vão se encantar e se deliciar com esta sobremesa, sem açúcar, sem lácteos, com muito amor e muito sabor!

    Ingredientes para 6 unidades pequenas:

    Camada 1: Brownie Vivo

    • 1/2 xic de uva passa preta
    • 1/2 xic de ameixas secas sem caroço (picadas)
    • 1 c de sopa de cacau em pó puro
    • 1 xic de farinha de castanha de caju crua (basta liquidificar as castanhas)

    Camada 2: Recheio de Banana

    Camada 3: Casquinha de Manteiga de Coco

    Modo de preparo:

    Camada 1: Processar todos os ingredientes até virar uma massa homogênea. Formar bolinhas e forrar o fundo de forminhas de silicone ou de fundo removível.

    Misturar todos os ingredientes da camada 2 e distribuir sobre os “brownies”. Levar para o congelador por cerca de 2h ou até adquirir a consistência necessária para desenformar.

    Camada 3: Após desenformar, derramar uma fina camada de Manteiga de Coco derretida que, ao entrar em contato com o recheio gelado, irá solidificar e formar uma “casquinha”. Dica: deixa a camada de Manteiga de Coco bem fininha, pois no contrário, será difícil quebrá-la na hora de degustar.

    Receita da Nutrichef Bioporã Lívia de Paula.

    Pãozinho de Banana da Terra

    As opções de receitas de pãezinhos sem glúten com base de polvilho e sementes de chia são muitas. Normalmente eles são feitos com raízes (inhame, mandioca, baroa ou batatas), mas esta receita leva 2 ingredientes especiais: banana da terra e Manteiga de Coco Bioporã, que deixam os pãezinhos levemente adocicados. Uma delícia, criada pela nutricionista Luciana Miranda.

    Ingredientes:

    • 2 bananas da terra cozidas e bem amassadas
    • 6 colheres de sopa de polvilho doce
    • 3 colheres de sopa de polvilho azedo
    • 2 colheres de sopa de Manteiga de Coco Bioporã
    • 2 colheres de sopa de chia
    • 1 colher de chá rasa de canela em pó (opcional)
    • 1 pitada de sal
    • Água suficiente para dar o ponto da massa (em média 1 a 2 colheres de sopa)

    Modo de preparo:

    Misturar todos os ingredientes, incorporando a água aos poucos, até obter uma massa homogênea. A massa não gruda nas mãos. Se ficar muito seca, acrescentar mais um pouco de água; se ficar muito molhada, adicionar um pouco dos polvilhos doce e azedo na mesma proporção. Moldar as bolinhas, colocar numa forma e levar ao forno médio pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos. Os pãezinhos também podem ser congelados com a massa crua e levados ao forno quando desejar. Essa receita rende em média 10 unidades, também dá pra duplicar ou triplicar a receita e congelar.

    IMG_20150404_074814

    Pãezinhos de Banana da Terra, por Luciana Miranda.

     Nesta “estréia” do Blog, além de compartilhar uma receita, pedimos para os Nutrichefs Bioporã responderem 3 perguntinhas para a gente conhecer um pouquinho mais sobre eles. Confira as respostas da nutricionista Luciana Miranda:

    •  O que é saúde para você?

    Saúde é muito mais que a ausência de doenças, saúde é o equilíbrio entre corpo e mente. É um organismo saudável, é nutrição, é energia positiva, é vitalidade!

    • O que é alimento de verdade para você?

    Um alimento de verdade é aquele cheio de nutrientes, sem conservantes, corantes, aromatizantes, enfim, qualquer substância com nome complicado. É alimento rico em vitaminas, minerais, fitoquímicos, substâncias que auxiliam no bom funcionamento do nosso corpo. É alimento que NUTRE e não apenas “alimenta”; é alimento que faz com que nosso metabolismo trabalhe adequadamente; é alimento que evita doenças e nos traz saúde!

    • Qual seu conselho para quem quer manter uma alimentação saudável e tem pouco tempo para preparar seus alimentos?

    Primeiramente, o ideal é ir a um nutricionista para adequar o planejamento alimentar de acordo com sua individualidade. No dia a dia, a palavra chave é ORGANIZAÇÃO. Mesmo com pouco tempo dá pra se organizar direitinho, fazer receitas simples e ao mesmo tempo nutritivas. No começo é um pouquinho mais difícil, mas depois que se acostumar tudo fica muito mais fácil e rápido. E, claro, saboroso!!!

    Crepe de Cacau com cobertura de Morango

    É possível fazer crepe ou panquecas sem ovos, sem leite e sem farinha de trigo? Sim! Com um pouco de criatividade e vontade de romper com alguns hábitos da cozinha “convencional” tudo é possível. E com estas novas alquimias ganhamos novos sabores e nutrientes. Esta é uma receita básica de crepe ou panqueca vegana e sem glúten, a adição de cacau em pó é opcional. Você pode variar os sabores, temperos, coberturas e escolher a sua Manteiga da Bioporã favorita para acompanhar!

    Ingredientes para a massa:

    • 2 c de sopa de farinha de  trigo sarraceno (não contém glúten)
    • 1 c de sopa de farinha de linhaça
    • 2 c de chá de polvilho doce
    • 2 c de chá de semente de chia
    • 1 pitada de sal
    • 1 c de sopa de cacau em pó (opcional)
    • 2 c de chá de óleo de coco (ou azeite de oliva)
    • 2 c de chá de Vinagre de Maçã
    • 6 c de sopa de água (ou leite vegetal)

    Modo de preparo:

    Misturar todos os secos.  Adicionar a água, o vinagre de maçã, o óleo e continuar misturando. Deixar a massa descansar 5 minutos para hidratar as sementes e farinhas. Após, observe a textura da massa, que não deve ficar muito líquida. Para fazer os crepes, utilize frigideira antiaderente (ou untada) pré-aquecida. Utilize a ajuda de uma espátula para virar. Rendimento: 2 crepes médios.

    Cobertura Quente de Morango:

    • 1/2 xic de morango orgânico picado (desidratado)
    • 1/2 xic de água
    • 1 c de sopa de Manteiga de Coco Bioporã

    Modo de preparo da Cobertura:

    Levar ao fogo os morangos e a água até levantar fervura. Desligue o fogo, adicione a Manteiga de Coco Bioporã e misture até a Manteiga derreter completamente. Cubra os crepes e aproveite!

    Dica: caso opte por utilizar morangos orgânicos frescos para a cobertura, reduza a quantidade de água para 1/4 de xícara.

    Receita da Nutrichef Lívia de Paula.

     

    Óleo de coco, manteiga de coco, saúde e obesidade

    Por Adriano Cáceres, terapeuta ayurvédico, graduando em nutrição, especialista em Alimentação Viva e coordenador do Semente N’ativa

    O uso do óleo de coco e da manteiga de coco na culinária tem sido largamente difundido por profissionais da área da saúde, uma vez que diversas pesquisas mostram os seus benefícios na manutenção da saúde, e também no tratamento da obesidade. E quando estudamos os efeitos metabólicos dos óleos industriais (soja, milho, canola e girassol), que são ricos em gorduras ômega-6, percebemos que o uso excessivo destes óleos, associado à uma dieta rica em açúcares ou produtos açucarados, têm sido os principais responsáveis pelo aumento da incidência de doenças circulatórias e obesidade. Há muitos estudos que mostram essa relação. Ainda, vale lembrar que os óleos industrias mencionados podem apresentar resíduos de solventes de petróleo como o N-hexano, além de outros contaminantes.

    O óleo e a manteiga de coco são ricos em ácidos graxos saturados de cadeia média (especialmente o ácido láurico e o ácido caprílico). São ácidos graxos que apresentam propriedades antimicrobianas, ajudando no combate à fungos, bactérias e certos tipos de vírus. Além disso, no óleo de coco extra-virgem (prensado a frio), observa-se uma maior concentração de compostos fenólicos (o que confere um maior poder antioxidante) em relação ao óleo de coco refinado (1). Muitos suplementos de óleo de coco no mercado estão sendo feitos com óleo de coco refinado. Portanto, o consumidor deve estar atento a esta diferença, dando preferência ao óleo de coco orgânico extra-virgem.

    Pesquisa feita em 2008 mostrou que o óleo de coco apresenta propriedades antitrombóticas (inibição da formação de trombos) e efeitos de inibição da oxidação do LDL (2), uma lipoproteína que transporta o colesterol. Sabe-se que um dos principais fatores que causam a aterosclerose é a inflamação nos vasos sanguíneos, associada ao LDL oxidado. Dessa forma, o óleo de coco pode contribuir para a saúde cardiovascular e para a prevenção de doenças circulatórias. Tais efeitos provavelmente se devem à presença de componentes biologicamente ativos no óleo, como vitamina E, provitamina A, polifenóis e fitoesteróis. É importante lembrar que o óleo de coco, embora seja o óleo mais indicado para frituras, perde boa parte destes componentes antioxidantes, quando é exposto a altas temperaturas.

    Além dos efeitos benéficos mencionados, o óleo de coco ainda pode ser utilizado com sucesso no tratamento da obesidade. Sabemos que o adipócito é a célula responsável pelo armazenamento de gordura, em nosso corpo. Dentro dos adipócitos, assim como dentro da maioria dos tipos de células em nosso corpo, existe uma organela muito importante chamada mitocôndria. Talvez você já tenha ouvido falar dela nos tempos de colégio. A principal função da mitocôndria é a produção de energia. Dentro das mitocôndrias acontece uma sequência de reações muito importantes, conhecidas como Ciclo de Krebs. Se a mitocôndria é a usina de geração de energia, o Ciclo de Krebs é a sala de máquinas. Os compostos ricos em elétrons produzidos no Ciclo de Krebs doam os seus elétrons para a Cadeia Transportadora de Elétrons, e através de um processo conhecido como fosforilação oxidativa, é produzida a maior parte da energia biológica que precisamos para viver. Essa energia é armazenada na forma de uma molécula, denominada ATP. Na Cadeia Transportadora de Elétrons, estão envolvidos 5 complexos. Mas existe um sexto complexo chamado de UCP-1 (unidade desacopladora de elétrons), cuja função é fazer termogênese. Já ouviu falar dos alimentos termogênicos? Pois é, um alimento termogênico verdadeiro possui a capacidade de estimular a UCP-1, gerando calor e fazendo o adipócito queimar a própria gordura. E as pesquisas têm mostrado que o óleo de coco é um alimento estimulador das UCP-1, podendo contribuir para a queima de gordura do adipócito, o que é muito interessante no tratamento da obesidade (3).

    Outros trabalhos mostraram que o óleo de coco e a manteiga de coco são capazes de aumentar os níveis de GLP-1, no intestino, que também é uma substância que estimula as UCP-1, contribuindo para queimar a gordura do adipócito. Daí a importância de se ter um intestino saudável, para produzir bastante GLP-1 e poder queimar gordura no adipócito. Vale lembrar que qualquer mudança na alimentação deve ser acompanhado por um profissional de saúde. No caso do óleo de coco, não se deve consumir mais do que 3 colheres de sopa por dia, pela sua tendência em elevar o colesterol, quando em excesso. Além disso, deve-se atentar para o fato de que uma colher de óleo de coco possui cerca de 130 calorias, enquanto uma colher de manteiga de coco possui cerca de 100 calorias. Ou seja, é um alimento relativamente calórico, mas que possui efeitos notáveis no metabolismo.

    Se o óleo de coco é uma boa opção, a manteiga de coco parece ser ainda melhor. Isso porque a manteiga de coco possui fibras prebióticas, ao contrário do óleo de coco. Uma colher de manteiga de coco possui cerca de 2g de fibras, além de pequenas quantidades de potássio, magnésio e ferro. Para apresentar esses benefícios, é importante que a Manteiga de Coco seja produzida a partir de cocos secos integrais, desidratados a temperaturas inferiores a 45oC e sem o uso de conservantes ou aromatizantes. A manteiga de coco apresenta o sabor naturalmente adocicado do coco e pode ser consumida in natura ou em preparações culinárias diversas.

    Referências:

    (1) – MARINA, A. M. et al., 2009 – Virgin Coconut Oil – emerging functional food oil. Trends in Food Science and Technology, 20 (2009) 481-487.

    (2) – NEVIN, K. G. & RAJAMOHAN, T., 2008 – Influence of Virgin Coconut Oil on blood coagulation factors, lipid levels and LDL oxidation in cholesterol fed Sprague-Dawley rats, The European e-Journal of Clinical Nutrition and Metabolism, 2008 (3) e1-e8.

    (3) – PORTILLO, M. P., et al., 1998 – Energy restriction with high fat diet enriched with coconut oil  gives higher UCP-1 and lower white fat in rats, International Journal of Obesity (1998) 22, 974-979

     

    manteigacoco_bioporã