Caponata de Cogumelos com Cajuhine

    Por Flavia Machioni

    Deliciosa caponata para servir com torradinhas, crackers e aperitivos. E também como recheio de panquecas, wraps, tapiocas, etc.

    Ingredientes:

    • 200g de cogumelo Portobelo – ou outro de sua preferência
    • 1/2 cebola picada
    • 1 dente de alho amassado
    • 2 colheres de sopa de óleo de coco
    • 2 cenouras médias raladas
    • 1/2 maço de salsinha picado
    • 1/4 xícara de gergelim
    • 1/3 xícara de semente de girassol
    • 1/2 limão
    • 4 colheres de sopa de Cajuhine Bioporã
    • Sal e temperos à gosto

    Modo de fazer:

    Higienize bem os cogumelos. Corte em fatias e reserve.

    Refogue o alho e cebola no óleo de coco até ficarem dourados. Acrescente os cogumelos e deixe dar uma leve murchada. Desligue o fogo e deixe esfriar.

    Em um recipiente misture as cenouras, salsinha, gergelim, semente de girassol, limão, Cajuhine e os cogumelos. Tempere ao seu gosto e está pronto!

     

    Bolinhos de Quinua com Cajuhine

    Bolinhos práticos e low carb, criação da gastróloga Amábile Kolenda. Eles podem ser consumidos assados, ou feitos na versão “raw” com a quinua germinada. Além de dar liga e sabor na massa, o Cajuhine Bioporã pode ser transformado em um delicioso molho para acompanhar os bolinhos.

    Ingredientes:

    • 2 colheres de sopa quinua cozida (ou germinada para fazer esta receita raw)
    • 2 colheres de sopa ricota de amêndoas (resíduo do leite vegetal  brevemente temperado com sal, azeite e limão)
    • 1 colher de sopa de Cajuhine Bioporã
    • 1 punhado de cenoura ralada
    • 1 “arvorezinha” de brócolis finamente picada (opcional) – cerca de 2 colheres de sopa
    • 1 colher de sopa de farinha linhaça
    • Tempero verde a gosto
    • Temperos a gosto – sal, pimenta, cúrcuma, páprica, entre outros.

    Modo de preparo:
    Misture todos os ingredientes em uma vasilha. Molhe as mãos e modele bolinhas. Leve para assar em forno alto apenas para dourar, o que é opcional, pois você pode consumi-la crua também.

    Ingredientes para o molho:

    1 c de sopa de Cajuhine Bioporã, 1/2 limão, 4 c de sopa de água, sal e temperos a gosto. Misturar tudo, acrescentando água até adquirir a consistência desejada.

    Bolinhos de Quinoa, por Amábile Kolenda.

    Bolinhos de Quinoa, por Amábile Kolenda.

    Nesta “estréia” do Blog, além de compartilhar uma receita, pedimos para os Nutrichefs Bioporã responderem 3 perguntinhas para a gente conhecer um pouquinho mais sobre eles. Confira as respostas da gastróloga Amábile Kolenda:

    • O que é saúde para você?

    Saúde para mim é o equilíbrio! É buscar sempre a harmonia do corpo com a alma. Fazer o que nos faz feliz é a forma mais saudável de se viver.

    • O que é alimento de verdade para você?

    Alimentos de verdade são aqueles que estão mais próximos da sua origem natural. São os que têm sabor de verdade, sem ingredientes invisíveis com nomes desconhecidos de coisas que nós nunca vimos na vida.

    • Qual seu conselho para quem quer manter uma alimentação saudável e tem pouco tempo para preparar seus alimentos?

    Organização é fundamental! Para quem tem a semana corrida, é necessário tirar algumas horas do final de semana para organizar a rotina e os pratos da semana. É questão de costume, que com o tempo acaba tornando-se um hábito, que além de ajudar na alimentação durante a semana, ajuda a organizar as compras da feira e supermercado, que refletem até na economia da família!

    Molho de Cajuhine com Limão Siciliano

    Um molho leve e saboroso para acompanhar saladas, wraps, tapiocas ou o que mais sua criatividade permitir. As Manteigas da Bioporã são super versáteis e podem ser transformadas em molhos, patês ou “maioneses” sem lactose, basta adicionar seus temperos favoritos!
    Ingredientes:
    • 2 colheres de sobremesa cheias de Cajuhine Bioporã
    • 1 colher de sobremesa de sumo de limão siciliano orgânico
    • Raspas da casca do limão sicilano
    • 1 colher de café de gengibre ralado (só o sumo)
    • 1 pitada de sal marinho
    • Água filtrada até dar a consistência desejada de molho.

     

    Modo de Preparo:

    Em um potinho pequeno, misture o cajuhine com água, sumo de limão e sumo de gengibre até ir chegando na consistência de molho. Acrescente a pitada de sal e as raspas de limão siciliano. Misture bem. Esse molho fica melhor ainda utilizado no dia seguinte. Deixe na geladeira para marinar os sabores. Sirva com saladas, wraps, purês etc.

    Molho_Cajuhine_Bioporã_Malu

    Molho de Cajuhine, por Malu Paes Leme.

     

    Nesta “estréia” do Blog, além de compartilhar uma receita, pedimos para os Nutrichefs Bioporã responderem 3 perguntinhas para a gente conhecer um pouquinho mais sobre eles… Confira as respostas da Malu Paes Leme:

    • O que é saúde para você?

    Saúde pra mim é harmonia. É o olhar sobre a vida/corpo/mente/espiríto de forma holística, abrangente, conectada e inteligente. Saúde é a soma e consequência diária de como nos tratamos.

    •  O que é alimento de verdade para você?

    Alimento de verdade é aquele mais próximo da colheita-consumo, isto quer dizer, alimentos naturais, integrais e frescos vindos de solos saudáveis e ricos em nutrientes onde, depois de colhidos, serão consumidos de forma mais simples e integral possível. Longe de ser alimento que passa por grandes indústrias, modificações genéticas, chuva de agrotóxicos, processamentos, refino e adições. Alimento de verdade não precisa de nada, ele já é.

    •  Qual seu conselho para quem quer manter uma alimentação saudável e tem pouco tempo para preparar seus alimentos?

    Vá pelo caminho da simplicidade. Opte por mais frutas e vegetais na base de sua alimentação, eles são os alimentos mais práticos que tem. Frutas então, precisam de pouquíssimo preparo, só é importante tê-las sempre maduras (para serem saborosas e realmente nutritivas) e consumí-las numa maior quantidade para realmente satisfazer. Organize-se para a semana, tendo alimentos básicos em casa para qualquer hora como por exemplo: ervas frescas, limão, molho de tomate caseiro, uma boa manteiga vegana (como as da Bioporã) para ter sempre uma base legal e rápida para molhos, frutas e vegetais frescos para ter à mão, e outros alimentos como goma de tapioca para preparar deliciosos e rápidos sandubas de tapioca.  Se não pode ir à feira orgânica, peça as cestas orgânicas que muitos locais fornecem e que entregam na sua casa semanalmente. E claro, tenha uma boa fonte de receitas para te inspirar no dia a dia e não deixar a mesmice tomar conta.