Pãozinho de Quinoa e Açafrão da Terra

29.03.2015 - 21:56
|

Estes pãezinhos são uma opção prática para uma dieta livre de glúten e chegam com o convite para novas criações, onde você pode seguir sua intuição, sua inspiração, e acrescentar diferentes especiarias, temperos e sementes. Dê o seu toque, revelando o seu sabor!

Ingredientes:

  •  ½ xícara de quinoa em grãos orgânica
  • 1 xícara de farinha de arroz integral orgânico
  • 4 colheres de sopa de polvilho azedo
  • 2 e ½ xícaras de água
  • 1 colher de sopa de Tahine Cru Bioporã
  • 2 colheres de sopa de alecrim
  • 1 colher de chá de açafrão da terra (cúrcuma)
  • sal marinho

Modo de fazer:

Leve ao fogo, a quinoa e 1 xícara de água, cozinhando até secar a água. Em uma vasilha, coloque a quinoa cozida, a farinha de arroz, o polvilho azedo, o tahine, o açafrão, o alecrim, e o sal, misturando com as mãos e integrando todos ingredientes.

Aqueça 1 e ½ xícara de água e incorpore à massa. Com uma colher distribua a massa em uma assadeira untada. Leve para assar por aproximadamente 30 minutos. Deixe os pãezinhos esfriarem e saboreie com Molho de Tahine (tahine + limão + sal + água).

Pãezinhos com Tahine Cru Bioporã, por Anah Locoselli.

Pãezinhos com Tahine Cru Bioporã, por Anah Locoselli.

 Nesta “estréia” do Blog, além de compartilhar uma receita, pedimos para os Nutrichefs Bioporã responderem 3 perguntinhas para a gente conhecer um pouquinho mais sobre eles… Confira as respostas da Anah Locoselli:

  • O que é saúde para você?

Sentir vontade de sorrir, cantar, dançar, brincar, interagir, inspirar vitalidade, expirar amor. Equilíbrio que se faz e transborda, permissão para ouvir e manifestar estados de completude, integridade, plenitude. Um querer permanecer e Ser Todo, deixar pulsar e expandir o estado natural, livre de interferências, bloqueios, negações, um “SIM” dito como um todo que acolhe e agradece a dádiva da vida, reconhecendo a beleza de aqui estar manifestando a perfeição do Ser, a sua saúde.

  •  O que é alimento de verdade para você?

Estar atento às escutas do corpo permite reconhecer o que nutre, como, e porque, trazendo recursos para saber distinguir o que de fato é alimento, uma aventura que convida a saborear, permitindo amplificar seu conceito. A consciência revela que somente o que promove equilíbrio, vitalidade, harmonia, paz, confiança, bem estar, pode ser nomeado alimento.

  • Qual seu conselho para quem quer manter uma alimentação saudável e tem pouco tempo para preparar seus alimentos?

Um querer apropriar-se de uma alimentação saudável às vezes esbarra na falta de tempo, contudo é possível trazer agilidade e fluidez ao cozinhar simplesmente adotando o hábito da presença. Estar absorto no momento presente permite desenvolver o poder de foco e atenção plena, gerando recursos que otimizam o preparo do alimento, levando embora distrações que consomem tempo e alimentam desculpas, dificultando assumir a vontade de integrar uma nova postura alimentar. O Ser presente é consciente de seu poder de escolha e sabe que pode gerir sua vida, realizando aquilo que realmente quer. Com o “SIM” dito ao querer, entrar na cozinha convida a sintonizar com o alimento, facilitando seu manuseio e ativando o processo criativo para elaboração de pratos no tempo disponível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website